segunda-feira, 29 de março de 2010

Conjugação de-vida

Dora Brisa

Aos Santos você reza
Eu sinto frio e fome

O prato do dia você despreza
Eu sinto frio e fome

Você chora de solidão
Eu sinto frio e fome

Você calcula a inflação
Eu sinto frio e fome

Aniversário você festeja
Eu sinto frio e fome

Você se rebela e atira a bandeja
Eu sinto frio e fome

Emprego novo você comemora
Eu sinto frio e fome

Amor faz você perder a hora
Eu sinto frio e fome

Você faz discurso inflamado
Eu sinto frio e fome

Você reclama do trânsito parado
Eu sinto frio e fome

Você planeja sonhada viagem
Eu sinto frio e fome

Você expõe em vernissage
Eu sinto frio e fome

Você poupa para o aluguel
Eu sinto frio e fome

Você come croissant com mel
Eu sinto frio e fome

Você toma antidepressivo
Eu sinto frio e fome

Você busca oco paliativo
Eu sinto frio e fome

Você olha para mim com pena
Eu ainda sinto frio e fome

Você se perde em problema
Eu continuo sentindo frio e fome

Você não sabe o que fazer da vida
Eu sobrevivo com frio e fome

Você se suicida
Eu morro de frio e fome

Em alguma esquina perdida
Esta é a história do homem.

Voz - Helena Antoun:

video

2 comentários:

  1. Olá amiga...Que belo o que li.O nosso mundo seria muito melhor se nos importássemos um pouco mais com o próximo, deixássemos nossas "prioridades" e olhássemos um pouco dos lados. Jesus nos deixa um exemplo maravilhoso e infelizmente não conseguimos seguir... Ele não nos pediu grandes feitos, apenas nos pediu que amássemos uns aos outros como ele nos amou! Beijos procê!

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela magnífica interpretação, Helena!
    Dora, amiga, parabéns pela inspiração!
    Bjos de montão
    Sally

    ResponderExcluir