sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Busca e perdição

Dora Brisa

Quando, dos teus olhos amedrontados,
Escapuliram duas lágrimas,
Desesperei.
Enquanto um beijo meu as recolhia,
Outras tantas lágrimas
Vieram juntar-se aos meus lábios.
E o meu beijo,
Que nascera doce,
Acabou por salgar-se
(afogar-se)
No mar do teu pranto,
Que era também meu.
Até hoje,
Tuas lágrimas esperam
Por meu beijo,
Que chora a ausência
Dos teus olhos,
Sem sequer um adeus.

Voz - Rita de Cassia:
video

Um comentário:

  1. Veinhaaaaa \o/

    Meu Pai... só assim pra encontrar você!

    =D

    huhuehushehsuehushuehus

    que bom... adorei o texto!

    vou passar a frequentar.

    tem esse aki ó:

    www.entre4pare10.blogspot.com

    da keancinha.

    ResponderExcluir